• Seja bem vindo(a)
  • Rua Ariovaldo Antônio Bucatte 345, Chácaras São Bento, Valinhos - SP
  • Telefone: (19) 3881-8100
  • Seg a Sex - 06h às 22h Dom 06h às 20h
  • Ouça o hino do clube

Pesca

Mensalidade

Horário de Funcionamento

pesca-funcionamento

Galeria

Regulamento

REGULAMENTO DE PESCA – COUNTRY CLUBE VALINHOS

ARTIGO 1º - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Visa o presente regulamento, organizar, orientar sobre regras e procedimentos de manuseio, sugerir práticas de boa conduta e respeito ao meio ambiente, além de promover o entretenimento incentivando a modalidade de pesca esportiva.

ARTIGO 2º - DOS OBJETIVOS Promover através de ações concretas e objetivas a conscientização das pessoas, despertando em cada uma delas, o sentimento de preservação do meio ambiente, o entendimento de que nossa lagoa e os espécimes que ali vivem, são de um valor econômico e ambiental incalculáveis. Proporcionar aos jovens pescadores e também a aqueles que já são adultos, que queiram se aventurar nessa magnífica modalidade da pesca esportiva, condições que permitam o desenvolvimento de potencialidades técnicas que exigem o segmento. Intensificar o foco na questão da preservação e educação ambiental, através da divulgação de práticas sustentáveis, visando o combate às práticas de pesca predatória e poluição do meio ambiente como um todo. Elaborar e apresentar projeto de melhorias relacionado ao lago, auxiliar no planejamento e orçamento para futuras solturas de peixes no lago.

ARTIGO 3º - DA SUPERVISÃO A supervisão legal estará a cargo da Diretoria Adjunta de Pesca e contará com o apoio de associados pescadores, que serão indicados para fazer parte de uma Comissão de Pesca. Todos os membros dessa Comissão de Pesca estarão aptos a prestar esclarecimentos, orientar sobre boas práticas de conduta e manuseio de peixes, além de encaminhar as ocorrências à Diretoria de Pesca, que por sua vez, direcionará referidas ocorrências ao setor de disciplina do Country Clube se for o caso.

ARTIGO 4º - DA PROGRAMAÇÃO Ao início de cada ano, será divulgada uma programação de eventos, que incluem atividades de pesca como torneios, compra, engorda de peixes em tanques rede, soltura de peixes, além da divulgação de atividades de recreação que deverão ser aprovadas pela Diretoria Geral.

Nota Importante
A compra de novos exemplares de peixes para o lago, só será realizada após troca de idéias entre os associados com a Diretoria de Pesca, que submeterá o pedido a análise técnica de nosso Biólogo responsável, aprovação e liberação orçamentária da Diretoria Geral de modalidades do clube.

ARTIGO 5º - DAS REGRAS DE PESCA A entrada e saída nas dependências do clube com material e equipamentos de pesca, só será permitida exclusivamente através da portaria principal, onde será feito o registro do nome e título do associado para melhor controle e supervisão, nesse caso, pedimos especial atenção ao fiel cumprimento dessa regra, pois não haverá exceção. O horário de entrada para pesca no clube será a partir das 8 horas da manhã até às 22 horas. Ao associado que optar por permanecer pescando após as 22 horas, poderá fazê-lo sem nenhum problema, porém, fica o associado ciente que poderá ser abordado, a fim de garantir sua segurança e verificar o fiel cumprimento do presente regulamento. Cada associado pescador poderá utilizar até 04 conjuntos de varas por vez, sendo: 02 varas de carretilha ou molinete e 02 caniços simples (Varas de bambu ou telescópica). No caso de utilizar exclusivamente varas de mão, ou seja, caniço simples poderá utilizar até 04 varas por vez. Todos os associados pescadores e seus dependentes poderão utilizar as áreas ao redor do lago, desde que obedeçam a critérios de segurança que garantam sua própria integridade física, bem como dos demais associados que circulam com frequência ao redor do lago. É fundamental que todos os pescadores estejam atentos aos detalhes de segurança, uma vez que, poderão ocorrer graves ferimentos pela não observância desse quesito. Todo pescador deverá ter em mente que, antes de qualquer arremesso de sua isca, procurar visualizar ao seu redor a presença de crianças, pessoas idosas, transeuntes ou animais, reduzindo assim, a possibilidade de acidentes. Ao término de cada jornada de pesca, caberá ao pescador certificar-se de que sua área de pesca esta limpa, ou seja, sem restos de linhas, copos e sacolas plásticas, embalagens de iscas e rações, garrafas de vidro, latas vazias de refrigerantes e cervejas etc. Em que pese toda polêmica com relação ao seu uso, o alicate de contenção de peixes será permitido, apenas para imobilização e manuseio de determinadas espécies de peixes (TRAÍRAS E DOURADOS), nesses casos, devido ao alto risco de acidentes que podem ocorrer, uma vez que, esses peixes possuem uma estrutura maxilar muito potente, além de uma dentição afiadíssima. Sugerimos que façam o manuseio de referidos peixes, dentro dos passaguás fornecidos pelo clube e, pretendendo registrar uma foto ou selfie do momento, manter sempre o alicate preso à boca do peixe, porém, na posição horizontal e nunca na vertical. O manuseio do alicate de maneira incorreta, principalmente a contenção do peixe na posição vertical sem qualquer sustentação, poderá acarretar sérios danos à estrutura maxilar do peixe, podendo ocasionar desde lesões e até o rompimento da boca do peixe. Existem pesquisas feitas com determinadas espécies de peixes, comprovando que após 48 horas do uso do alicate de contenção, 100% (cem por cento) dos peixes mantidos na posição vertical, sofreram algum tipo de lesão na boca, sendo que em 40% (quarenta por cento) desses casos, as lesões foram consideradas severas, sobretudo nos peixes de maior peso. Também há relatos de lesões na coluna vertebral dos peixes, que foram relacionadas a quedas acidentais e uso inadequado do alicate de contenção. Optando por fotografar o troféu capturado, devolver o peixe ao lago o mais rápido possível após o registro, se necessário, manter o peixe dentro d´água segurando-o pela calda, durante o tempo necessário para que o espécime recupere suas forças e possa nadar normalmente. Apenas para citar um exemplo, espécimes como os MATRINXÃS, ao serem capturadas sofrem um stress elevadíssimo e requerem um cuidado redobrado na hora da captura e soltura. Se for necessário se ausentar por alguns momentos do local de pesca, pedimos aos pescadores que recolham seus equipamentos de pesca e os acomodem de maneira segura, afim de não causar incomodo e comprometer o direito de ir e vir das pessoas. Com exceção dos eventos programados, a modalidade de pesca no lago é somente esportiva, pesque e solte. Portanto é proibido o abate e limpeza de peixes nas dependências do clube. Havendo suspeita de desvio de patrimônio do clube, o associado poderá ser revistado e, uma vez constatado o desvio o caso será encaminhado à Comissão de Disciplina do Clube, que tomará as medidas cabíveis e judiciais pertinentes. Não é permitido o uso de materiais e acessórios de pesca considerados predatórios, tais como redes, tarrafas, garatéias (exceto as de iscas artificiais), João bobo, armação de técnicas de pesca no sistema lambada, linhadas de espera, espinhel etc. Sempre que possível, amassar as farpas dos anzóis para facilitar na hora da soltura dos peixes e, como medida auxiliar de segurança em casos de acidentes. Evite falar palavrões e fazer gestos obscenos, para não causar constrangimentos aos associados em geral. É permitido manter iscas vivas para pesca, desde que tenham sido adquiridas externamente ou pescadas no próprio lago, sendo que referidas iscas serão alevinos de tilápias ou acarás, peixes que se reproduzem normalmente em nosso lago que, no caso da tilápia, existem em abundância. Respeitar as áreas de pesca, evitando fazer arremessos que possam comprometer a pescaria de outros pescadores, afinal o lago é imenso e não há necessidade disso. Caso o associados pescador optar pela pesagem do troféu capturado, sugerimos fazer essa pesagem com o peixe dentro do passaguá e nunca utilizando o alicate de contenção preso a boca do peixe, depois basta pesar o passaguá em separado para aferir o peso real do troféu. Orientamos aos pescadores que não utilizem as cadeiras que são para uso dos quiosques. Diversas cadeiras já foram parar dentro do lago e será intensificada a fiscalização nesse sentido. Cadeiras expostas ao tempo e sem cuidados de manutenção e limpeza se deterioram com maior rapidez, ocasionando a reposição das mesmas com maior frequência pelo clube gerando gastos desnecessários. Não é permitida a pesca de VISITANTES, pelo simples fato de que a pesca é uma modalidade de recreação e lazer, exclusiva dos ASSOCIADOS e seus dependentes. O VISITANTE, paga apenas uma taxa para adentrar nas dependências do clube; o que permite a ele o uso das AREAS COMUNS; como exemplo para participar de uma confraternização ou churrasco nos quiosques. Portanto, à VISITA não é concedido o direito de usufruir das modalidades esportivas, lazer e recreação, uma vez que, não pagou por isso.

ARTIGO 6º - DAS DISCIPLINAS/PUNIÇÕES As disciplinas serão aplicadas a todo associado ou dependentes deste, que infringirem qualquer regra relacionada nesse regulamento ou no estatuto social do Country Clube Valinhos. As punições poderão variar desde uma simples orientação para ajuste de conduta, podendo evoluir para advertências verbais e escritas, suspensões e até exclusão do quadro associativo do clube. Salientamos que é de responsabilidade do associado, infrações praticadas por seus convidados (Visitantes) nas dependências do clube. As reclamações deverão ser encaminhadas à Diretoria de Pesca ou canal específico para esse fim disponibilizado pelo clube, com detalhamento honesto e preciso contendo data, hora, local da ocorrência e dentro do possível, com identificação do associado infrator, para que as ações disciplinares possam ser fundamentadas e sustentadas, tornando a aplicação da disciplina justa e imparcial.

ARTIGO 7º - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS As ações e regras aqui relacionadas foram elaboradas a partir da necessidade de termos a nossa disposição, ferramentas de controle que nos possibilitem darmos o pontapé inicial, rumo a uma nova fase da administração de nosso lago e, para que isso ocorra, precisamos criar dispositivos de sustentação jurídica que nos permitam alavancar as mudanças necessárias, visando sempre o bem estar do associado e seus dependentes. Questões não abordadas no presente regulamento serão submetidas à Diretoria de Pesca e posteriormente encaminhadas à apreciação da Diretoria Geral de modalidades, para resolução e divulgação de pareceres relacionados aos temas solicitados. Contamos com a compreensão e colaboração de todos, juntos por um clube cada vez melhor e agradável de frequentar.